make a site for free



Nossa História, O Pedido, Nossos Padrinhos...


Mobirise

Nossa História

Aqui a Bruna vai contar a sua versão de como tudo começou...

Mobirise

O Pedido

Aqui é o Wagner que conta como foi O Pedido de Casamento...

Mobirise

Nossos Padrinhos

Nossa história também é a história dos nossos amigos e padrinhos...

Mobirise

Os noivos

Leia aqui o que cada noivo diz e pensa sobre o outro...

Os Noivos

Leia aqui o que cada noivo diz e pensa sobre o outro...

Bruna, a Noiva...

Parece ser muito simples escrever sobre uma pessoa a qual você ama desde criança, mas na hora fica mais difícil pois ao mesmo tempo que se quer falar tudo, não consegue falar nada.

A Bruna é uma mulher meiga, alegre, auto astral, mas muito tímida...não é de falar muito, mas sempre conversa sobre qualquer tipo de assunto.

A melhor palavra para resumir a Bruna é SONO. Sempre falo que ela é um amor quando está alimentada e dormindo kkkkkk.


Ela é a mulher que faz eu me cuidar mais, fazer a sobrancelha, estar sempre com a barba feita e bem apresentável (até porque ela está sempre linda então não posso ficar bobeando, né?! kkkkk, que me ensina e me motiva a cozinhar, que me orienta nas minhas decisões e que as vezes dá um pouco de emoção e “turbulência” nos dias de estresse e TPM.


Cuida de mim quando estou doente, faz as coisas que estou com vontade de comer, “assiste” os jogos de futebol quando quero, séries um pouco mais violentas, apesar de gostar de “Pretty little liars” entre outras séries mais “menininhas”. 

Ela ama sair para comer, principalmente à parmegiana, qualquer coisa que tenha batata e um bom rodízio japa (esse último é culpa minha).

Está sempre provando seu amor por mim, uma vez que não gosta de futebol e foi comigo até o estádio ver um jogo do nosso time do coração (Palmeiras). Pegou trem lotado, chegamos super tarde e ela só reclamou quando erraram o pênalti kkkkkkk.

Amo cantar com ela no carro, cozinhando ou mesmo quando estou tocando piano e ela me acompanha cantando ou tocando ukulelê.


Mobirise

Só agradeço a Deus por ter me presenteado com uma mulher tão especial, carinhosa, amorosa e que faz eu me apaixonar todos os dias por ela!

Eu adoro o Batman, isso é indiscutível...mas a Bruna é minha Mulher Maravilha! 

Wagner Augusto de Souza

Wagner, o Noivo...

Wagner meu primeiro amor!

Lembro dele tocando piano na igreja quando era mais nova, concentrado para não errar, para mim era tão lindo vê-lo na frente...

A primeira vista tem cara de bravo, “o barbudo de cara fechada” ... Mas é só começar a conversar com ele que percebe que não tem nada de bravo, e pelo contrário, é uma pessoa muito alegre que adora conversar, sempre tem assunto para tudo e com qualquer pessoa.

Animado, sempre quer fazer coisas diferentes e sair da “mesmice”.  É um SUPER amigo, sempre disposto a ajudar e aconselhar.  Meu professor de Matemática, de Natação e de Música... Passa horas me ensinando e me ajudando a melhorar. 

Sua paciência nos meus dias de TPM é surpreendente, quando nem eu me aturo, ele está querendo me agradar, compra chocolates, me mima e ainda diz “Sei que não está num dia bom, eu te entendo...” seu carinho e atenção me fazem tão bem. 

Adora sair para comer, principalmente de for aqueles Hambúrgueres artesanais, com a maionese da casa. 

Nos seus momentos de lazer gosta de jogar “League of Legends” e assistir séries Medieváis, como “Vikings”.

Não tem como descrever o Wagner e não citar o Batman, porque simplesmente é apaixonado pelo Morcego rico! É no chaveiro, camiseta, bonequinhos, até deu o nome do carro de “BatMóvel”.

Palmeiras é seu time do coração, já foi mais fanático, hoje em dia nem tanto, mas ainda guarda as camisetas antigas do time.


Mobirise

Seu dom para música é incrível, no teclado, escaleta, ukulele, cantando, me encanta.

Como não amar alguém tão especial? Minha vida é mais feliz ao seu lado! Posso dizer, Wagner Augusto de Souza é o amor da minha vida!  

Bruna Evaristo Torelli

Nossa História

Aqui a Bruna vai contar como tudo começou...

Nos conhecemos desde muito pequenos, não lembro exatamente quem nos apresentou e nem quando fomos apresentados. Mas falam que desde pequeninhos andávamos de mão dadas nos corredores da igreja!

Nossas famílias sempre frequentaram a mesma igreja, e foi lá que nos tornamos amigos. O Wagner e meu irmão Tiago sempre foram muito amigos, e eu sempre estava com eles, nos cultos de domingos a noite, EBD (Escola Bíblica Dominical), EBF (Escola Bíblica de Férias), acampamentos da igreja, teatros, passeios com as famílias, sempre estávamos juntos.

Além de tudo, Simone e Vanessa (irmãs do Wagner) sempre foram muito amigas da Daia (esposa do meu pai), o que facilitou bastante nos encontrarmos mais vezes, pois elas sempre levavam o irmãozinho casula junto. E foi em umas destas visitas, na minha casa que as coisas começaram a mudar. Em uma brincadeira “boba” de se esconder, chamado “Gato Mia” no dia 18 de fevereiro de 2005, que foi o nosso primeiro beijo, todo desengonçado e inocente.


A partir de então, todas as vezes que nos encontrávamos, nossos corações batiam mais forte e sentíamos algo diferente... 

A gente só se via aos finais de semana na igreja, porque morávamos longe e durante a semana estudávamos bastante e cada um tinha suas responsabilidades. Nossa paquera era escrever cartinhas de amor e mandar SMS (Vivo On), as vezes arriscávamos umas ligações para tentar conversar um pouco mais, mas nem sempre dava certo, fazíamos de tudo para manter o contato e alimentar cada vez mais o que estava nascendo em nossos corações.

Certo dia, nossas famílias decidiram fazer um piquenique no Parque do Ibirapuera em São Paulo, fomos todos de Kombi, levamos lanchinhos, foi muito divertido, aproveitamos para conhecer o Planetário, naquela sala escura sentamos um do lado do outro e ficamos de mão dadas vendo o céu estrelado, nossas mãos suavam, mas queria que aquele momento durasse para sempre, antes de acabar aquela sessão dei uma cartinha pra ele, pegou rapidamente e escondeu como se fosse um tesouro. 

Wagner desde pequeno estudou piano com meu vô Samuel e desde os 7 anos de idade começou a participar do ministério de música da igreja, meu pai, que era o Ministro do Louvor sugeriu que eu também participasse cantando, então comecei a participar, gostava bastante, e era uma maneira e para ficar um pouco mais com meu amado. O Wagner sempre estava concentrado nos ensaios, até porque o futuro sogro e vô Samuel também faziam parte do louvor, tinha que estar tudo impecável, eram muito exigentes e detalhistas, mas sempre surgia uma brecha, um intervalo o Wagner fazia uma graça tocando uma música pra chamar minha atenção, me fazendo ficar toda boba e sorridente. 

Por conta de estudos e trabalho, o momento e a fase que vivíamos acabou nos afastando por um tempo, e durante alguns anos perdemos o contato. 

Em 2014, eu estava morando com a mãe, e a Igreja organizou um acampamento de carnaval, meu pai pediu para que o Wagner convencesse eu e o meu irmão de ir pois ele pagaria, mas a condição era que nós não ficássemos sabendo. Nós fomos e foi nesse acampamento que nós reencontramos e nossos corações bateram mais forte novamente e tudo que passamos veio à tona. 

Voltamos a conversar com mais frequência e percebemos que ainda tínhamos muitas coisas em comum. 

Desse tempo para cá Deus fez com que nosso amor, amizade, parceria e cumplicidade só aumentasse! No dia 25 de Julho de 2015 veio o pedido de namoro, dentro do carro, meu primeiro amor agora era o meu namorado!

 

Mobirise


Sempre estivemos juntos nos momentos felizes e um sustentando o outro nas dificuldades.

Que Deus sempre nos sustente, direcione nossos caminhos e que vivamos felizes para sempre.

Bruna Evaristo Torelli

O Pedido

Aqui é o Wagner que conta como foi o pedido...

O pedido de casamento tinha que ser o mais romântico e perfeito possível e, já tinha planejado esse dia a alguns meses, procurando anéis, o restaurante ideal, a música certa e todos os outros detalhes para que nada desse errado.

Após algumas pesquisas e com o lugar decidido (Era uma vez um chalezinho), o anel comprado, a música escolhida, chegou o grande dia. Fiz questão de comprar um par de brincos e escolher o vestido, os sapatos e a maquiagem que ela iria usar.

O restaurante oferecia música ao vivo e isso era a "cereja do bolo" pois toda nossa história seria brevemente resumida na melodia tocada pelo piano. O dono do restaurante e um garçom que nos atendeu já estavam sabendo do momento e a sincronia de cada detalhe foi perfeita.

Depois de um maravilhoso fondue de filé mignon ao vinho, pouco antes da sobremesa (fondue de leite ninho com nutella), um prato decorado com chocolate e escrito "Eu te amo muito" chegou na mesa e essa foi a deixa para o pedido....

Tiro o anel do bolso e tento ser o mais breve possível para que a emoção não tomasse conta de mim e as palavras acabassem não saindo.

Mobirise

Após algumas lágrimas e algumas palavras ditas com o amor mais sincero que já senti, ela disse "sim" e, posso dizer que até o momento foi o dia mais feliz da minha vida! 

Wagner Augusto de Souza 

Nossos Padrinhos

Nossa história também é a história dos nossos amigos e padrinhos...

Padrinhos

Tiago

Mobirise

O irmão da noiva é daquele com “QI” bem diferente do normal, daquele que os outros da escola e do serviço tem raiva, porque não estuda, mas vai super bem, é novato e já está dando “aula” de como a empresa funciona, ele nunca vai nas reuniões familiares, mas a família só pergunta dele... kkkk Ele gosta de surpreender, e convence muito fácil as pessoas quando quer! Enfim, esse é o Tiago.

Guilherme e Beatriz

Mobirise

Aquele casal que olhando não se parece nadinha, ele que cozinha, limpa e “dança” e ela a moleca que gosta de usar camiseta e tênis! Mas um completa o outro. Casal que sempre marcamos de sair, ou jogar alguma coisa, sempre com comida envolvida. Irmãozinho de coração e melhores amigos.

Vanessa e Lonardo

Mobirise

Irmã do noivo, apesar da distância de mais de 500km sempre que tem a oportunidade estão presentes ajudaram na nossa formação como casal e aconselhando com as suas técnicas de “psicóloga” e matemático.

Simone e André

Mobirise

Irmã mais velha do noivo, que exemplo de casal, sempre animados, e topam qualquer passeio a qualquer hora. A animação e alegria da Simone e do André é contagiante, é sempre bom estar perto deles.

Regiane e Fabiano

Mobirise

Tios da noiva, que sempre nos ajudaram, aconselharam, e sempre fizeram questão de estar presente em nossas vidas. “Tia Rê” mimando a sobrinha querida e o “Tio Fá” sempre com uma história diferente do quartel para compartilhar com o mais novo sobrinho querido do coração.

Rebeca e Rodrigo

Mobirise

Primos que não tem tempo ruim! Sempre estiveram presentes em nossas vidas com muita alegria, conselhos, jogos e sempre "mastigando abelhas".

Rafael e Adriana

Mobirise

Tio Rafa é aqueles Palmeirenses fanático, que até tatuagem do time do coração tem estampado no corpo, e a Drika, sua mulher, Corinthiana roxa. Quando tem jogo é uma “briga” pra mostrar quem é o melhor que só vendo! kkk Fazem suas palhaçadas, os tios mais doidos que poderíamos ter! Extrovertidos e engraçados. É, não dá pra ser tudo perfeito, ela tinha que ser Corinthiana? kkkkk

Merivaldo e Erenice (Bel)

Mobirise

Tios do noivo que estão sempre dispostos a ajudar no que for preciso, e não medem esforços! O Wagner é o filho mais velho deles e desde sempre se fazem muito presentes na vida do casal! O cabelo do noivo vai estar perfeito na mão desse barbeiro perfeccionista! O menino vai ficar “bunitin , cherosin e goxxxtosin!”

Fran e Paulo

Mobirise

O tio babão! Homem que sempre teve muito ciúme da sua pequena que desde sempre foi sua companheira nos momentos mais difíceis da vida com os abraços acalentadores! Até agora não acredita que aquela “gordinha” de cachinhos dourados cresceu e vai casar. Ama o Wagner de paixão kkkk A Fran é a tia que sempre pergunta como estão os preparativos, o que falta fazer e sempre fica muito feliz com as nossas conquistas.

Guilherme e Sâmea

Mobirise

Primo do coração para a Noiva, passavam todas as férias brincando juntos na casa da minha vó Ana, sempre muito tímido, mas conheceu essa doidinha para completar e agitar a vida dele. Já estão na hora de casar, hein!?

Damas de Honra

Júlia e Marina

Mobirise

As primas mais ciumentas e queridas, que acompanhamos e nos orgulhamos do crescimento e que são indispensáveis nesse momento tão especial da nossa vida. Cada uma com suas lindas peculiaridades, uma com o "narizinho" e a outra com o "olhinho".

Avós

Vó Ana e Vô Cido (Bigode)

Mobirise

(Avós da noiva) - Sempre nos apoiaram, mimaram com comidas maravilhosas (meu Deus do céu, que torresmo!!!) e que sempre fizeram questão de estar presentes em nossas vidas e sendo chamados de avós desde o primeiro dia de namoro. Muitos doces e conversas de madrugada e fazem de tudo pela nossa felicidade!

Vó Zélia e Vô Antônio

Mobirise

(Avós do noivo) - Presentes na formação como pessoa e caráter, sempre com alegria e o melhor cafezinho da tarde. O melhor pão caseiro e bolinho de chuva do mundo. O título de melhor mestre de obra não poderia ser de outra pessoa se não do “Roger”.

Vó Bere e Vô Samuel

Mobirise

(Avós da Noiva) - Além do MELHOR professor de música que alguém poderia ter, sempre estão preocupados com a nossa saúde. Poucos conseguem ficar 30 anos parecendo que não envelheceram né?! Kkkk Sempre muito empolgados com esse momento das nossas vidas!

Pais

Elaine e Gerson: Pais da noiva - Mãe 

Mobirise

Ela sempre preocupada com seus bebês, onde estão, com quem estão, se já comeram, se estão agasalhados.... é uma mãezona e tanto! Algumas lições que sempre vou levar para vida por causa dela é que "se quero alguma coisa tenho que batalhar para conseguir", "nada vai cair do céu" e "nada vai vir de mão beijada". Apesar do seu jeito sistemática com a família, de querer as coisas sempre limpas, em ordem (inclusive a louça da pia enxugada e guardada), tem um lado doidinho, extrovertida, engraçada... (Bem mais que eu) e sempre perguntam "É sua irmã?" kkkkk Adora conversar de manhã e já acorda ligada no 220V. Enfim, é um exemplo de mãe! Seu marido Gerson é demais, meu "Pai do coração", parece que conheço desde sempre, preocupado com os seus filhos e os "postiços", conversamos sobre tudo e está sempre disposto a ajudar todos a hora que for.

Alexandre e Daiane: Pais da noiva - Pai 

Mobirise

Ele sempre esteve preocupado com a educação dos filhos, então já fez diversos jeitos para nos incentivar estudar, para escola fez um quadro de notas, que definia a mesada do mês, ou se íamos ter que pagar para ele. Em casa, tinha as atividades extras, que iam desde fazer redações com temas totalmente diferentes, até decorar Versículos e exercícios de repetições para não esquecer o pingo no "i". É um músico incrível, então quis passar um pouco do que sabia para nós também, aulas de violão, flauta, gaita, bateria, ukulele... (esse último até o Wagner fez parte). Sempre teve um jeito diferente de demonstrar seu amor com quem está ao seu redor, querendo repassar tudo o que sabe, dando aulas, explicando sobre a Bíblia... E a Daia o ajuda nessa tarefa, com o seu jeito mais delicado de falar.

Merivan e Ozias: Pais do noivo 

Mobirise

Ele parece sempre estar de cara fechada, mas quando começa a conversar é uma pessoa super brincalhona e também repleto de muito conhecimento. Sempre preocupado em passar um pouco do seu conhecimento em organização (principalmente financeira) e também sua experiência de vida...como tratar uma mulher e é meu exemplo de homem de sucesso! Ótimo pai e avô, sempre brincalhão. Não fique intimidado pelo bigode, ele é apenas um adereço de credibilidade. A Merivam é uma mulher especial, sempre disposta a ouvir e querendo aconselhar e também que as pessoas se sintam muito bem perto dela, sem invadir o espaço de cada um. Está sempre alegre e disposta a ajudar e cuidar das pessoas que ama. Uma cozinheira de mão cheia e foi nela que me baseei para achar a mulher da minha vida.

Faltam apenas...